Menu



                           Um Jeito Net de Ouvir.
                           24 Horas com Excelentes Músicas,
                           Informações, Curiosidades e
                           Notícias.

10 usos inusitados para o vinagre

Produto pode ser usado como desinfetante, remover resíduos dos cabelos e ajudar a eliminar o mau-hálito

1 – Desinfetar

O vinagre é um antibacteriano natural, usado como base em qualquer solução de limpeza. E não é tóxico. Para preparar uma solução desinfetante em casa, dilua 1 parte de vinagre em 4 partes de água e use em qualquer lugar onde possa haver germes, como mesas, bancadas, ou objetos pessoais como teclados, telefones e controles remotos.

2 – Limpar o banheiro

Na hora de lavar o banheiro, despeje um copo de vinagre em torno do interior do vaso sanitário e deixe agir por uma hora. Depois, use uma escova para remover os resíduos e dê descarga. A solução ajuda a desinfetar e desodorizar o ambiente.

3 – Desentupir ralos

Quanto os ralos entopem, o vinagre é a solução. Despeje 1/2 xícara de bicarbonato de sódio direto no ralo e, em seguida, 1/2 xícara de vinagre. Aguarde até fazer uma espuma. Quando essa espuma começar a diminuir, jogue um litro de água fervente. A operação pode ser repetida quantas vezes for necessário.

4 – Remover resíduos

Remover um adesivo sempre deixa a superfície com resíduos de cola. Para eliminar os resíduos completamente, basta limpar a superfície com um pano embebido em uma solução de vinagre e água.

5 – Lavar o cabelo

Sim, isso mesmo! Mas não se preocupe, pois o cheiro forte não fica nos fios. Como xampus e condicionadores sempre deixam alguns resíduos, que podem deixar o cabelo sem brilho, o uso do vinagre pode ajudar. Dilua duas colheres de sopa de vinagre, duas colheres de sopa de suco de limão e três xícaras de água, misture bem e, após a lavagem, derrame sobre os cabelos. Depois enxágue normalmente com água. Essa mistura ajuda a eliminar os resíduos e fechar as cutículas, mantendo os fios macios e brilhantes.

6 – Remover manchas

Algumas manchas são difíceis de tirar. Mas borrifar uma mistura de 1/2 xícara de vinagre branco, 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio e 3 xícaras de água sobre a roupa manchada, antes de lavá-la, ajuda a remover a sujeira de uma forma natural.

7 – Recuperar folhas verdes

Na hora de preparar a salda, utilizes o vinagre para recuperar as folhas verdes que às vezes ficam murchas. Basta mergulhá-las em uma vasilha com 2 xícaras de água fria e 1/2 colher de chá de vinagre para trazê-las de volta à vida.

8 – Remover verrugas

As verrugas são um verdadeiro incômodo, além de deixar uma aparência ruim. Para removê-las, mergulhe uma bola de algodão em vinagre, coloque sobre elas e prenda com uma bandagem. Diariamente troque a bola de algodão. O ácido do vinagre irá corroer a verruga ao longo do tempo. Não se esqueça de manter a pele ao redor da verruga bem hidratada, para que não haja ressecamento no local.

9 – Refrescar o hálito

Sim, o vinagre, mesmo com um cheiro e um gosto fortes, ajuda a eliminar o mau hálito. Use duas colheres de sopa de vinagre e uma colher de sopa de sal diluídos em um copo de água para lavar a boca. É eficaz principalmente quando o mal hálito é proveniente do consumo de cebola e alho.

10 – Amaciar pincéis

Quem faz trabalhos artesanais, como pintura, sabe que muitas vezes os pincéis ficam duros. Mas nem por isso eles precisam ser inutilizados. Se colocados em uma imersão de vinagre por cerca de uma hora, as cerdas voltam a ficar macias. Depois, basta lavar com água morna e sabão, e deixar secar normalmente.

Dica:

Antes de testar qualquer uma das funções acima, lembre-se de que nem todos os vinagres são iguais. Enquanto alguns requerem etanol na produção, outros são feitos com etanol produzido sinteticamente a partir do petróleo. Quando for comprar, verifique o rótulo para garantir que você está comprando um produto feito a partir de fontes naturais.

16 novas utilidades para o detergente de louça

Descubra como usar o detergente muito além da cozinha e aprenda a fazer o seu próprio produto em casa

1. Remover manchas de gordura de roupas

O detergente de cozinha é uma opção eficiente para remover manchas de gordura de tecidos. Aplique o detergente sobre a mancha, esfregue e enxague com água para se livrar rapidamente de resíduos engordurados. O método pode ser utilizado até em tecidos mais delicados, como a seda.

2. Eliminar insetos

É certo que existe uma infinidade de inseticidas, mas o detergente é uma opção barata, eficaz e bem menos agressiva que muitos venenos. Basta misturar cerca de duas colheres de detergente em um litro de água e borrifar diretamente nos insetos.

3. Pulverizar plantas

Além de eliminar os insetos que já estão nas plantas, o detergente previne novos ataques por formar uma película protetora. Para não prejudicar a planta, utilize pouco detergente: o indicado é usar três ou quatro gotas para um litro de água. Evite fazer a pulverização com detergente em dias muito quentes e em plantas que ficam expostas ao sol.

4. Regar vasos muito secos

Esqueceu de aguar uma planta e a terra no vaso ficou muito seca? Quando isso acontece é comum que a terra não absorva a água com facilidade, fazendo com que o líquido não chegue na raiz. Para ajudar no processo de absorção, é só diluir algumas gotas de detergente de louça neutro na água na hora de regar.

5. Limpar os móveis da cozinha

Mesmo tomando muito cuidado ao cozinhar, é comum que armários, pias, mesas e outros móveis da cozinha também fiquem engordurados. Para limpá-los, borrife uma mistura de detergente com água morna, enxague com um pano úmido e depois seque-os.

6. Limpar o motor do carro

Uma solução composta de duas xícaras de detergente para um litro de água é uma alternativa econômica aos produtos específicos para realizar a limpeza do motor.

7. Remover manchas de óleo do concreto

O detergente de louça é um bom aliado para a remoção de manchas de óleo do concreto. Cubra a mancha com bicarbonato de sódio e depois coloque um pouco de detergente sobre o local. Esfregue e deixe a mistura agir por algumas horas. Enxágue e repita o procedimento até a mancha sumir completamente.

8. Lavar roupas delicadas

Sabe aquela peça de roupa que tem que ser lavada à mão? Por ser mais leve, o detergente de louça é uma ótima alternativa para a lavagem de peças mais delicadas. Substitua o sabão em pó por uma colher de sopa de detergente.

9. Higienizar pentes e escovas de cabelo

Prepare uma solução de água morna com algumas gotas de detergente para higienizar pentes e escovas de cabelo. A mistura ajuda a eliminar oleosidade e resíduos de produtos capilares que podem ficar acumulados nas cerdas.

10. Dar brilho a joias

Para limpar suas joias e mantê-las brilhantes, coloque-as de molho por alguns minutos em uma mistura de detergente de louça neutro e água com gás. As bolhas ajudam o detergente a penetrar nos cantinhos e remover a sujeira. Se for preciso, utilize uma escova para limpar melhor.

11. Lavar azulejos

Misture duas colheres de detergente em um balde com água morna para uma limpeza eficiente de azulejos. O detergente é ideal para se livrar do aspecto engordurado e limpar o rejunte.

12. Tirar manchas de tapetes

Para remover manchas de carpetes e tapetes, limpe-a com um pano embebido em água morna e detergente. O detergente ajudará o pano a absorver o resíduo da mancha. Quando a sujeira tiver sumido, passe uma esponja com água fria no local e seque em seguida.

13. Limpar móveis externos

Mesas, cadeiras e outros móveis que ficam em ambiente externo ficam diretamente expostos às ações do clima e da poluição. Mais uma vez, a solução de água morna e detergente de louça é uma arma poderosa na limpeza desses objetos.

14. Limpar folhas de plantas

Quem usa plantas na decoração da casa sabe que é inevitável que as folhas acumulem poeira e outros resíduos. Para mantê-las limpas e lustrosas, coloque algumas gotas de detergente em um litro de água e aplique nas folhas utilizando um pano ou algodão.

15. Eliminar pulgas de cães

Alguns venenos para pulgas são tóxicos e muito agressivos para os cães. O detergente, porém, pode ser usado em cachorros de qualquer idade e, além de matar as pulgas, faz com que os ovos dos insetos caiam do pelo do animal. Para isso, basta dar banho no cão com detergente e esperar alguns minutos antes de enxaguar.

16. Desentupir vaso sanitário

Coloque meia xícara de detergente de cozinha no vaso entupido e espere de 10 a 15 minutos, para que o produto afunde na água. Em seguida, acrescente água fervente e espere a água abaixar durante alguns minutos. Dê a descarga para conferir o resultado e, se necessário, repita o processo.

50 truques para ajudar 

nas tarefas do lar

Preparo e cozimento de alimentos 

1. Afiar a faca sem amolador: vez ou outra as facas nos deixam na mão na hora de preparar uma refeição e o amolador nem sempre está por perto. Mas, usar o amolador não é a única maneira da dar um jeito naquela faca cega! Basta pegar uma caixinha de fósforo e afiar a lâmina da faca na mesma faixa em que se risca o fósforo.

2. Manter sanduíches frescos: o sanduíche é prático, rápido e um grande salvador de momentos em que até o tempo para comer está curto. Você pode ampliar ainda mais essa praticidade preparando vários sanduíches de uma vez, para ter um lanche pronto em vários momentos. Para mantê-los fresquinhos, coloque algumas folhas de alface sobre um papel alumínio, coloque o sanduíche por cima, embrulhe e guarde na geladeira.

3. Engrossar o caldo do feijão: se você gosta do feijão com o caldo mais encorpado mas não consegue esse efeito no cozimento, retire da panela uma concha do feijão cozido e amasse os grãos. Depois, devolva a pasta para a panela, mexa bem e deixe ferver por mais alguns minutos.

4. Evitar o ressecamento da carne assada: antes de culpar o seu forno pelo ressecamento de um frango assado, preste atenção ao tempero usado na carne! O vinagre e o limão acrescentados antes da carne ir ao forno podem deixá-la ressecada. Laranja e abacaxi são boas substituições para esses ingredientes.

5. Amaciar a manteiga gelada: usar a manteiga gelada pode acabar se tornando uma prova de força e paciência, principalmente em dias mais frios. Para agilizar o processo e deixá-la molinha com mais rapidez, aqueça uma tigela com água quente e cubra a manteiga com ela, como se fosse uma estufa.

6. Assar peixe sem grudar na forma: essa é uma solução simples – e saborosa! – para evitar que o peixe fique grudado na forma depois de assado. Antes de levar o peixe ao forno, unte o fundo da forma com manteiga e forre-o com fatias grossas de batatas, colocando o peixe por cima. Ao final, a recompensa é um prato sem grudar complementado por batatas assadas.

7. Manter o sorvete macio no freezer: depois de aberto, um pote de sorvete pode acabar perdendo a magia no freezer. O gelo acumulado deixa o sorvete endurecido e ainda altera o sabor. Para evitar esse acúmulo e manter a sobremesa cremosa, guarde o pote no freezer dentro de um saco plástico.

8. Limpar milho verde: se você sofre com a dificuldade de tirar os fiozinhos do milho que ficam grudados na espiga, adote uma escova de dentes para te ajudar com a tarefa! A escovinha faz com que os fios quebrem com menor frequência e saiam com mais facilidade.

9. Cortar frutas secas: a dificuldade aqui é com aquelas frutas secas mais pegajosas, que ficam grudadas na lâmina da faca conforme são picadas. Para evitar esse efeito, aqueça uma tesoura ou faca na água quente antes de picá-las.

10. Descongelar carne vermelha: não deu tempo de se planejar antes de cozinhar e a carne ainda está congelada? Um jeito rápido de descongelar é colocando a carne para marinar por alguns minutos no vinagre, que aumenta a temperatura do ingrediente. Depois, termine de descongelar no micro-ondas ou com água.

11. Deixar o sal soltinho: com o tempo, o sal vai ficando mais encorpado e pode ser uma aventura conseguir um saleiro. Para mantê-lo soltinho, leve uma panela ao fogo e, depois de aquecida, coloque o sal e mexa por dois ou três minutos. Para isso, procure evitar panelas de alumínio e use o fogo baixo.

12. Desenformar gelatina sem quebrar: para uma gelatina inteira e perfeita depois de desenformada, conte com o auxílio de altas temperaturas! Mergulhe a forma na água quente ou envolva-a com uma toalha molhada com água quente. Depois de alguns minutos, é só desenformar dando batidinhas no recipiente.

13. Preparar bacon no micro-ondas: quer preparar um bacon saboroso, sequinho e com pouca gordura em pouco tempo? Forre um prato com duas ou três folhas de papel toalha e coloque o bacon cortado em tiras. Por cima, coloque mais algumas folhas. Leve ao micro-ondas por um minuto em potência alta e, se for preciso, coloque por mais 30 segundos depois.

Limpeza da casa 

14. Limpar estofados de tecido: para remover odores, mofo, umidade e desinfetar estofados de tecido, comece escolhendo um dia ensolarado para fazer a limpeza. Polvilhe bicarbonato de sódio pelo estofado e aspire para remover o excesso. Depois, borrife vinagre branco e deixe secar ao sol.

15. Desentupir ralos: essa dica é ideal para desentupir ralos da pia da cozinha e do banheiro. Coloque no ralo uma xícara de bicarbonato de sódio e depois acrescente duas xícaras de vinagre branco de álcool. Quando a mistura não estiver mais efervescente, despeje água fervente e evite abrir a torneira por cerca de 30 minutos.

16. Remover os cabelos do ralo: cabelo cai e vai se acumulando no ralo – é inevitável. Para evitar a desagradável sensação do cabelo molhados nas mãos, use uma agulha de crochê para remover os fios.

17. Limpar mancha de fumaça da parede de tijolo: lareiras e churrasqueiras podem ser as grandes vilãs das manchas na parede. Para livrar-se delas, é só esfregar uma pedra de sapólio na parede umedecida e depois enxaguar com água.

18. Prolongar a limpeza do box do banheiro: lavar o banheiro é uma das atividades mais temidas do cotidiano. Mas, é possível prolongar um pouco mais o efeito da faxina, impedindo o crescimento de fungos nos rejuntes e evitando manchas por mais tempo. Para isso, basta borrifar vinagre branco de álcool na área a cada dois dias.

19. Limpar liquidificador: por causa das lâminas, o liquidificador pode ser um objeto complicado de limpar. Para remover a sujeira rapidamente, bata em alta velocidade alguns cubos de gelo, água morna e detergente. Em um ou dois minutos você tem copo e lâminas limpinhos!

20. Limpar forno queimado: resquícios de comida queimados podem resistentes rebeldes na hora da limpeza. Para facilitar, coloque um pano umedecido com amônia líquida no forno quente e deixe agir por algumas horas. Depois disso, os pedaços queimados terão se soltado e você pode fazer a limpeza normal no forno.

21. Limpar arranjo de flores: arranjos de flores secas podem não precisar serem regados, mas ainda precisam de cuidados! Com a exposição, é comum que os arranjos acumulem poeira. Para limpá-los, ferva água o suficiente para cobrir as flores e acrescente uma colher de bicarbonato de sódio para cada litro de água usado. Deixe as flores de molho por até 15 minutos e depois deixe-as secar ao ar livre.

22. Lavar paredes: o truque aqui está em como começar. Lavar paredes se torna mais fácil começando de baixo para cima do que o contrário – afinal, a bagunça ao limpar os pingos na superfície que já está limpa é bem menor.

23. Remover mancha de caneta do sofá: até o menos desastrado dos seres humanos pode acabar manchando com a caneta o que não deveria ser riscado. Para remover riscos de tinta de um estofado de tecido, basta aplicar vinagre branco de álcool em uma esponja e esfregar até sair.

24. Higienizar esponja de louça: o processo de higienização das esponjas é importante para eliminar bactérias e germes que se acumulam com o uso. Coloque uma colher de água sanitária em um litro d’água e deixe a esponja de molho por três minutos. Depois, é só enxaguar e deixá-la secar.

Limpeza de roupas 

25. Hidratar o couro: começou a fazer frio e você vai tirar a jaqueta de couro do armário? Depois de muito tempo guardada, você pode hidratar o couro para que a peça fique renovada. Em um pano úmido, pingue gotas de vaselina líquida ou óleo de amêndoas doces e esfregue na peça toda. Após dez minutos, termine o processo passando um pano branco seco.

26. Acelerar a secagem da roupa: essa é uma boa dica para quem deseja ainda mais rapidez na hora de centrifugar as roupas. Coloque na centrífuga, junto com as peças molhadas, uma toalha seca. A toalha absorverá um pouco da água e as roupas sairão da máquina bem mais secas.

27. Remover manchas de desodorante: ah, a pressa! Nada mais comum que vestir a blusa antes do desodorante secar e ganhar de brinde uma mancha esbranquiçada na peça. Para se livrar dela rapidamente, basta esfregar uma esponja seca na mancha.

28. Passar roupas de couro: embora tenha um visual mais pesado, as peças de couro são bastante delicadas na hora de passar. É importante não usar ferro a vapor e ajustar a temperatura para menos de 80°. Para proteger a peça, coloque um pano claro sobre o couro e só passe o ferro com o pano servindo como intermediário.

29. Secar roupas de linha no varal: já ficou sem saber o que fazer para secar uma blusa de linha sem esticar toda a peça? Retire o excesso de água com uma toalha e, em seguida, passe uma meia-calça pelas mangas da blusa. Prendendo as meias ao invés das mangas no varal, sua blusa está segura de deformações!

30. Remover o odor das meias: se você já lavou meias e elas continuaram com um cheirinho desagradável, está na hora de exterminar as bactérias do tecido. Para isso, deixe-as de molho em uma mistura de água e vodka (sim, vodka!) por cerca de 30 minutos.

31. Remover tinta de cabelo do tecido: é comum estar pintando o cabelo e acabar com alguma mancha na roupa ou na toalha. Para removê-la ainda fresca, aplique água oxigenada sobre a mancha e esfregue com uma escova de dentes em linhas retas. Depois, seque com um pano e lave a peça normalmente.

32. Passar peças com mangas: para ter mais firmeza na hora de passar as mangas de uma peça, enrole uma revista e coloque dentro da manga. Ela vai desenrolar e se transformar em um ótimo apoio para a atividade.

33. Engomar roupa de seda: quer renovar o caimento de uma peça de seda natural? Dissolva uma folha de gelatina branca em um litro de água fervente. Depois, junte essa mistura a uma quantidade de água fria que cubra a peça e molhe-a. Torça a peça, deixe secar um pouco e passe-a ainda úmida, coberta por um papel de seda.

34. Manter as toalhas macias: você sabia que usar amaciante de roupas industrializado nas suas toalhas pode fazer com que elas percam a capacidade de absorção? Para mantê-las macias e sem correr esse risco, basta substituir o amaciante por vinagre na hora da lavagem.

35. Pré-lavar roupas muito sujas: para remover manchas mais difíceis de roupas – como as de maquiagem e suor, por exemplo – você pode esfregar sabonete branco umedecido na mancha. Depois, é só prosseguir normalmente com a lavagem.

Organização e armazenamento 

36. Guardar roupas com bojo: para armazenar blusas e vestidos com bojo sem danificar as peças, jamais pendure-as! O melhor a fazer é dobrar a peça ao meio, encaixar um bojo dentro do outro e continuar dobrando a roupa até ficar exatamente do tamanho do bojo. Depois, é só guardá-la em pé na gaveta.

37. Ganhar espaço na mala: quando a mala não fecha nem com a clássica sentadinha em cima para forçar o zíper, é hora de buscar outros meios de ganhar espaço. Colocando as roupas em sacos que fecham à vácuo (de preferência, com ajuda do aspirador de pó) você consegue compactar o tamanho e levar mais coisas!

38. Armazenar roupas de couro e camurça: se bem cuidadas, peças de couro e camurça podem ser suas companheiras por um longo tempo. Na hora de guardar, pendure-as em cabides de madeira ou plástico e proteja-as com uma capa de TNT, mantendo-as sempre em locais que não fiquem expostos à luz.

39. Guardar meia-calça: para garantir que a meia-calça esteja segura a objetos que possam desfiar os fios, o ideal é manter a peça dentro de sacos com fechamento ziploc. Resistente, a embalagem vai proteger a meia de objetos pontiagudos.

40. Guardar documentos: todo cuidado pode ser pouco na hora de armazenar documentos importantes. Para mantê-los sempre secos e sem marcas de dobras, enrole-os bem apertados e envolva com uma toalha de papel.

41. Proteger roupas brancas: já passou pela chata experiência de pegar uma roupa branca no armário e perceber que ela está amarelada? Mesmo limpo, o tecido branco pode acabar amarelando por causa da incidência de luz. Para proteger a peça, guarde-a envolvida em papel de seda ou TNT azul.

42. Guardar luzes de Natal: se em toda época de Natal você passa mais tempo desembaraçando as luzinhas do que enfeitando a casa, este é um truque bem simples que evita a enrolação. Enrole o fio em um pedaço de papelão e guarde os enfeites em caixas.

43. Potencializar cabides de plástico: para evitar que as roupas fiquem escorregando dos cabides no armário, é só fazer um zig-zag com cola quente nas laterais do objeto. A cola seca vai oferecer maior suporte aos tecidos!

44. Organizar toalhas no banheiro: em banheiros pequenos ou usados por muitas pessoas, pode ficar complicado arrumar espaço para organizar as toalhas de todo mundo. Para otimizar espaço, instale até três toalheiros na vertical – pode ser numa parede ou atrás da porta.

45. Fixar saco plástico na lixeira: se a sua lixeira é de metal ou inox, os sacos plásticos provavelmente vivem escorregando. Para mantê-los no lugar coloque vários ímãs na boca do saco, por fora da lixeira.

46. Organizar bijuterias na gaveta: ninguém precisa de um organizador sofisticado para manter as bijuterias sem bagunça na gaveta. Improvise a arrumação com forminhas de doces de papel, formas de gelo ou formas de cupcake!

47. Organizar fios de eletrodomésticos: para não ter que lidar diariamente com os fios de eletrodomésticos soltos e emaranhados pelo armário, a solução é simples. Cole um velcro autocolante no plug e outro no aparelho. Na hora de guardar, enrole o fio no aparelho e junte as duas partes do velcro para manter tudo no lugar.

48. Armazenar tapetes: a melhor maneira de guardar um tapete é enrolado – além de evitar marcas, você economiza espaço. Em um tubo de PVC ou em um tudo macarrão de piscina, enrole o tapete com face virada para dentro, no sentido do comprimento.

49. Identificar chaves: se o seu molho de chaves é muito populoso e você sempre se confunde na hora de abrir as fechaduras, um bom truque é pintar a cabeça das chaves com esmaltes de cores diferentes. Assim, fica mais fácil associar a cor à porta correta!

50. Organizar copos no armário: está ficando sem espaço no armário para guardar copos? É possível improvisar uma prateleira usando uma bandeja! Sobre uma fileira de copos, coloque uma bandeja e depois empilhe mais uma filheira de copos. Forre a bandeja com EVA, para impedir que os copos escorreguem.

Gostou das dicas? Teste-as em casa e deixe o seu cotidiano mais prático!


Tenha você também a sua rádio